31 maio, 2011

2º Dia...

De Oficina de Reciclagem de Papel e confecção de artesanatos!!
Hoje eu aprendi a fazer: porta retratos com papel reciclado, cartão, caixa de presente e por último um ganso >> Tá estranhando né? Mas é verdade, é um GANSO mesmo! Prometo que ensino vocês na próxima postagem :D

Também aprendi a fazer papel reciclado. Agora vou ensinar pra você. Só precisa de: Cola, água, uma Forma com tela fina e Papel (pode ser jornal, revista, papelão, suas apostilas velhas, enfim)
1º PASSO- Deixe o papel de molho na água de um dia pro outro (no caso do papelão, deixe de 3 à 4 dias)

2º PASSO- Bata o papel, já amolecido na água, no liquidificador com água e cola (o liquidificador não precisa ser especial, pode ser o da sua casa mesmo)

3º PASSO- Coloque em algum recipiente (pode ser em uma bacia)

4º PASSO- Mergulhe a Forma de tela fina no líquido assim:

5º PASSO- ponha pra secar. Fácil né?
Olha o que você pode fazer com papel:

30 maio, 2011

Semana do meio Ambiente

De 30 de maio à 03 de Junho


Hoje, segunda "30", foi o início da semana do meio ambiente. Tive a oportunidade e a obrigação (Sacanagem') de participar, nessa tarde, de um oficina de reciclagem de papel e confecção de artesanatos ministrados por professores e alunos da UEPA (eu acho', e tenho quase certeza).
Não sei mais o que dizer. Enfim, foi legal...


Olha essa borboleta da Cleidi “entupida” de purpurina

28 maio, 2011

Encerramento da matéria...


Ontem, sexta-feira, foi o encerramento da matéria "Metodologia da Pesquisa" com o Professor Guilherme Cordeiro.
Logo no começo quando a matéria começa todos os professores são chatos, mas depois que acaba muitos dizem: _ Aquele professor era bom de dar aula óh! (isso são alguns que falam, minha opinião nem sempre é essa!)

26 maio, 2011

Descubra...

Vou contar pra vocês...

Uma coisa que me aconteceu ontem...

Escola São josé Operário/ São Miguel do Guamá

Era uma vez uma garotinha chamada Vanessa que foi à escola São josé Operário com suas duas amigas, Cleide e Cheila, com o intuito de fazer uma pesquisa para um trabalho da faculdade. Essa historinha tá chata, vou direto ao ponto e dizer o que aconteceu... A Diretora da escola nos tratou super mau, praticamente nos expulsou sem antes saber quem nós éramos e o que nós queríamos. Eu, infelizmente, não me dei o trabalho de saber o nome dela, caso contrário eu com certeza divulgaria aqui pra todos ficarem sabendo que ela não é uma boa profissional.

Nosso trabalho só foi salvo graças à Cleide que foi lá conversar com ela (Diretora) pra pedir autorização para ir nas salas. Eu preferir ficar do lado de fora. Depois dessa atitude dela, de ter nos expulsado, eu nunca mais irei nessa escola pra fazer pesquisas. Nem que me paguem!

22 maio, 2011

Sessão da Câmara sobre "Cultura Irituiense"

Hoje faço um convite a você, irituiense, para comparecer amanhã, segunda 23 de maio, na câmara municipal de Irituia.
A sessão vai tratar sobre a nossa cultura e é muito importante sua presença, mesmo que não se manifeste, você será mais um irituiense inconformado com o modo que estão tratando o nosso povo que faz cultura, que deixaram de ser protagonistas para ser meros coadjuvantes das outras culturas que vem enlatadas de fora.

21 maio, 2011

Ainda um mistério...

Duas adolescentes estavam nadando no rio Sapucaí, em Itajubá/ MG, quando apareceu um animal e puxou-as para o fundo. Um das garotas morreu na hora e a outra foi levada para o hospital mas não resistiu.
Bombeiros alegam ter sido uma cobra, mas na minha opinião, pode ter sido uma ariranha (pra quem não sabe, ariranha é um mamífero carnívoro parecido com uma "foca").


19 maio, 2011

Retweetando!

A cada nova oportunidade Sua Excelência aproveita para demonstrar sua total incapacidade para ocupar o cargo que exerce.Não há mais como aceitar que pessoas pagas com recursos públicos se comportem da maneira como esse senhor se comportou...Merecemos respeito, afinal somos nós que bancamos todas as suas mordomias, que não são poucas. O mínimo que deveria fazer era ouvir calado.
Falou pouco mas falou bonito!cavalo

Audiência Pública sobre segurança em Irituia


Hoje, 18/05, foi realizada na Câmara Municipal de Irituia, uma Audiência Pública para debater a questão da Segurança em nosso município, e outros assuntos que cabiam ser discutidos no momento, como a construção de um novo prédio da delegacia, (que já está entrando em estado de decomposição. Não podemos negar isso!), a criação de projetos educativos para crianças e adolescentes, a retirada dos automóveis apreendidos da frente da delegacia e outros assuntos. Enfim, foi abrangido um grande número de temas relacionados a Segurança Pública.

Frases em Destaque na sessão:

Atenção, tenho como provar todas essas frases que estão sendo citadas abaixo,nenhuma delas é inventada!

"Quantos pais se preocupam em acordar seus filhos e dar um beijo? A segurança Pública começa aí. Quantos pais se preocupam em saber o que o seu filho está acessando?"(Marcos Alberto, delegado)

"A solução não é botar mais policiais nas ruas, porque nós vamos ter mais presos e mais delegacias. A solução, eu digo a vocês, se chama política pública"(Marcos Alberto, delegado)

"O que uma cidade dessa oferece de lazer? Vamos ser bem sinceros: NADA! Tem que se levar em conta um ponto negativo e outro positivo. Se for acabar com as festas, o único ponto de lazer, uma das coisas que ainda tem. Vou fazer uma pergunta: quem não fica aqui, que tem sua fazenda, sua chácara, não vai estranhar. Mas e pra população que não tem onde se divertir? Vão pra onde? "Encher a cara na beira do Rio?"(Marcos Alberto, delegado)

"Nós fizemos um projeto de lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas na praça, a lei foi sancionada pelo prefeito mas as pessoas continuam vendendo"(Vereador Waldemir de Oliveira, Demico)

(OPINIÃO MINHA= Engraçado, isso poderia servir de motivo de piada. Essa lei foi aprovada antes do mês de julho do ano passado, e no mesmo ano “eles” venderam a praça pra CERPA pelo Festival da Cultura (que quase não teve cultura), de acordo com os meus conhecimentos a CERPA fabrica cerveja, e cerveja não é bebida alcoólica?? Cadê o cumprimento da lei? Pense nisso)

"Tomo cerveja no quiosque da praça, é um direito que me assiste como cidadã. E eu faço a seguinte pergunta: O senhor coíbe a venda de bebidas na praça pública. Mas quem vai coibir o direito do cidadão brasileiro de tomar sua bebida? Não vai ter lei municipal que vai ferir a federal"(Cleide Rocha, Assistente Social)

"O que existe em Irituia é a falta de programas pra esses jovens, porque a partir do momento que tomas pra si a responsabilidade de garantir o direito que o cidadão tem a câmara não vai ter que se preocupar com isso (violência), porque o jovem que está bebendo é o jovem que não tem um aula de Karatê, uma aula de música, que não tem esporte e lazer" (Cleide Rocha, Assistente Social)

" A outra crítica eu faço ao Vice-Prefeito quando disse: "Eu reservei um almoço para as autoridades". Eu acho que a autoridade maior aqui não é nem o Penta, mas sim o povo da galeria que tá aqui, e é quem elege" (Cleide Rocha, Assistente Social)

"As escolas, por exemplo: se forem exigir a 'carteirinha' vai ter questionamento, se for exigir o uniforme, vai ter questionamento, se for exigir a revista na hora de entrar, vai ter questionamento. Aí eu pergunto aos senhores: Como é que a direção de uma escola, de um estabelecimento de ensino, pode oferecer o mínimo de segurança?"(Acenildo Botelho, promotor de justiça)

"Como é que a em uma escola você quer segurança para seu filho, mas é contra que se exija o uniforme, que exija uma revista na entrada da escola. Como é que se vai impedir a entrada de armas e substâncias entorpecentes" (Acenildo Botelho, promotor de justiça)

"Em nosso país, infelizmente, muito se discute e pouco se faz" (Acenildo Botelho, promotor de justiça)

"Realmente Irituia é muito carente na questão de lazer para as crianças, para os jovens. Eu acho que se deveria criar espaços, nem que seja humilde, nem que seja umas quadras de areia, alguma coisa... para as crianças no final de tarde ir pra lá jogar um futebol, um vôlei, um basquete" (Acenildo Botelho, promotor de justiça)

"Se o poder público coíbe a realização de festas o que que vai sobrar pro povo que mora aqui? Você não tem um teatro, não tem um cinema, você não tem um ginásio, e ainda não pode frequentar uma festa; então o que que vai sobrar em termo de divertimento?" (Acenildo Botelho, promotor de justiça)

"Esses debates são muito bons porque tem a participação popular, todos tem o direito de se expressar, de dizer o que sente, de cobrar. Mas só isso não resolve, você faria o discurso e iria pra prática, tem que fazer alguma coisa. Se você não pode fazer hoje, mas tem que fazer alguma coisa, tem que dar início, né? Porque se cada prefeito que passar aqui fizer alguma 'coisinha' ao longo de dez, vinte anos, você vai ter alguma coisa em Iituia, porque a população merece" (Acenildo Botelho, promotor de justiça)

"O problema não está nem na questão da conceituação da palavra democracia, mas sim em uma que hoje muito pouco se ouve valorizar, que se chama ética. Quem tem ética sabe justamente intermediar esse meio termo entre 'dever e direito'. Se eu sei do meu direito, eu, automaticamente, tenho consciência do dever do próximo. E se as coisas estão hoje em dia dessa forma, é porque muito pouco valor se dá pra esta palavra"(Rufino Júnior)

“Quem tenta ser correto hoje em dia, infelizmente, às vezes é até debochado. A pessoa é vista como alguém diferente, alguém que tem que ser afastado do meio porque se torna chato” (Rufino Júnior)

“O problema é que a sociedade aceita. É aquele negócio "de rouba mas faz". Então, se a sociedade não aceitasse isso, não estaria assim, por isso nós somos considerados culpados” (Acenildo Botelho, promotor de justiça)

“Nós vamos comemorar 286 anos de existência, nós somos um dos municípios mais antigos do Estado do Pará. Então é inaceitável, I-N-A-C-E-I-T-Á-V-E-L que nós ainda tenhamos práticas que não têm como o povo se sentir cidadão, e é isso que eu tanto cobro, e faço questão de frisar aqui que eu não tenho nada contra de maneira pessoal, cobro enquanto cidadão e enquanto alguém que enxerga a realidade triste do nosso município. A gente tem que tomar medidas urgentes. Nós, em Irituia, temos mais de 30% abaixo da linha da pobreza e mais de 60% é considerada pobre. Então, será que isso não nos serve de alerta?” (Rufino Júnior)

“Ninguém pede pra ser bandido, ninguém. Então, eu esperei até agora nesse momento porque eu não sei falar de Segurança Pública e tocar simplesmente na questão de botar viatura nas ruas, de aumentar o efetivo policial, de construir uma nova delegacia pública. Não sou sociólogo, simplesmente tento fazer uma leitura da realidade. O que acontece com esses jovens deveria nos envergonhar, porque eles nada mais são do que resultado da omissão de todos nós, e mais até do poder público, que tem os instrumentos na mão pra tentar se antecipar aos problemas, mas infelizmente a gente não vê isso” (Rufino Júnior)

“A realidade das câmaras hoje no Brasil, e eu não tô falando só de Irituia, mais de 80% das ações que se aprovam são coisas insignificantes. Eu pude aqui presenciar durante as minha 4 vindas pra cá (não quero aqui tirar o mérito de ninguém) mas em plena revisão da Lei Orgânica, nós ficamos aqui quase duas horas se discutindo a concessão de título de honra ao mérito, enquanto a população tava aí, a violência tomando conta do nosso povo e a gente vem pra cá discutir a questão de concessão de honra ao mérito. Tudo tem seu tempo, só que eu penso que ali não era o momento adequado.” (Rufino Júnior)

“Quero fazer aqui um pedido pessoal, enquanto cidadão, pra que as nossas outoridades lembrem do artigo 37 da Constituição, quando fala do princípio da impessoalidade do poder público, porque isso tem muita influência. Lembro das palavra onde o Sr. Demico cobrou do Sr. Delegado a questão da hora das nossas festas e também da altura do som. E aí eu relembro, quando fazem as festas também do Festival da Cultura ela se estende até as cinco, seis horas da manhã. Toda lei tem que primar pela universalização do direito, e infelizmente a gente vê que o poder público se coloca diferente do cidadão comum.” (Rufino Júnior)

“ A lei é pra todos. A questão da venda de bebidas na praça, por que as pessoas que trabalham, que vão pra lá ganhar seu pão de cada dia são proibidas, enquanto que na praça pública, no evento da prefeitura municipal, se pode vender bebida? Que lei é essa? Então, a gente não pode, jamais, concordar com isso, a gente tá vendo as coisas erradas e tem que falar, porque a gente é cidadão e nós queremos um município melhor” (Rufino Júnior)

Marcos Alberto, delegado de polícia civil de Irituia
Corregedora Geral: Delegada Nilma Maria

17 maio, 2011

Enquete sobre o próximo Festival da Cultura Irituiense

A galera do "Gengibirra Digital" fez uma enquete para saber a sua opinião sobre o próximo festival da Cultura Irituiese que está próximo, será em julho.

O link está aqui: http://gengibirradigital.blogspot.com/ acesse e dê seu voto

"Pessoal, estamos querendo saber a opinião de vocês a respeito do nosso próximo Festival da Cultura. Ano passado houve várias manifestações discordantes a respeito da maneira como fora idealizado nosso último festival, pois a cultura irituiense, que é riquíssima, foi praticamente excluída do evento, sobrando apenas alguns poucos minutos para cada grupo, isso somente para justificar o nome.
Portanto, pedimos a todos que participem dessa enquete, deixando suas opiniões a fim de que tenhamos noção de como pensam a respeito desse tema tão polêmico.
A enquete se encontra no canto superior direito. É só clicar e participar."

15 maio, 2011

Resultado da enquete...

A uma semana atrás eu fiz a enquete perguntando "Você é contra ou a favor da divisão do Estado do Pará?" 64% se dizem contra, 23% se dizem a favor e 13% não são Paraenses ou realmente não estão "nem aí" pra divisão do seu próprio estado.

11 maio, 2011

Dez mil acessos. \õ/

Eu só pude conseguir isso graças a você, obrigada!



Vocês acham que foi fácil chegar aqui?? Pra muitos sim, mas pra mim não foi fácil!

08 maio, 2011

Mãe...

As vezes eu sou rebelde quando respondo pra senhora ou muitas vezes grito, mas eu juro que é tudo em legítima defesa, caso contrário eu culpo os hormônios da adolescência!

Te Amo ٩(•̮̮̃•̃)۶
-Pai não fica com ciúmes, eu amo os dois!

Olha o que eu aprendi a cantar hoje:

What's Your Sign?

What´s your sign?

Do you know?

Let me guess:

You´re Scorpio.

What´s your rising?

Where´s your moon?

Scorpios are pretty cool.

See, I´m a Sag,

So they say.

I´m a butterfly,

I like to play.

I´m always aiming into the sky,

I point my arrows extremely high.

Chorus:

´Cause everyone has a sign,

Whether supernatural or divine.

Believe or not, if you´re so inclined.

´Cause in this great big universe,

We´re the stars on earth.


See the man over there?

He´s a Leo, check his hair.

Virgo eyes, Aries smile.

I like the Leo, check his style.

When the night is good and clear,

I hear a whisper in my ear.

If you follow the northern star,

You will always know just where you are.

Chorus:

´Cause everyone has a sign,

Whether supernatural or divine.

Believe or not, if you´re so inclined.

´Cause in this great big universe,

We´re the stars on earth.

We are stars.

We are stars.

We are stars.

´Cause in this great big universe,

We´re the stars on earth.

Let me guess.

I dunno, I do confess.

What´s your rising?

Where´s your moon?

I dunno, but you´re still cool.

Repeat Chorus

We are stars. (3x)

´Cause in this great big universe,

We´re the stars on earth, yeah. (3x)

´Cause in this great big universe,

You believe me.

You believe me.




# Essa música estava no meu livro de Inglês, me interessei e aprendi. Ela é Bonitinha. Se quiser escutar e só ver o vídeo aí em cima.

06 maio, 2011

Prestação de Contas!

E o povo de Irituia continua esperando pela Prestação de Contas do Prefeito, Já se passaram 21 dias, e nada!

"O dever de prestar contas é o dever mais sagrado que possa existir de um empregado para com seu patrão"

******************

Bora! Bora! agilizar isso que eu quero saber como foi gasto o MEU, o NOSSO dinheiro, por que melhorias, em Irituia, eu não tô vendo NADA!



A divisão do Estado do Pará.


A grande extensão territorial do Pará tem sido um dos argumentos utilizados para uma divisão desse território e a consequente formação de dois novos estados, além do atual Pará surgiria Tapajós e Carajás.
Os defensores do projeto alegam que em razão da extensão paraense, as políticas públicas não são realizadas com eficácia, e a redução dessa área proporcionaria uma administração mais eficiente. Já os opositores do projeto argumentam que esse processo geraria gastos desnecessários para a União e que essa proposta é uma estratégia política, pois 3 novos cargos de senadores e 8 de deputados seriam proporcionados para casa um desses estados.

E você, o que acha disso?

Quero saber a sua opinião. Vote na enquete aqui do lado

A enquete ficará durante uma semana!

Visual Novo!

Eu sei que você deve está pensando:
_ Aleluia! já tava na hora de trocar o visual do Blog!

# Eu tomei a decisão de mudar meu Blog porque encontrei outros Blogs muito parecidos com o meu, então resolvi fazer o meu próprio tema, assim fica mais difícil de cometer Plágio.

- Se você gostou e achou legal: Obrigada
- Se você acha que ficou escroto: Odó!, não me deixo levar pela opinião dos outros.






PS: Cuidado, Plágio é Crime!

Porque Humortadela você fez isso comigo??

Humortadela era o maior Site de Humor da América Latina, tudo de bom, super engraçado. Hoje tentei acessar e apareceu isso:
A primeira coisa que me veio na mente foi:
_ Isso é piada né, só pode?? será que está em manuntenção?
Será que eles faliram?
Será que nunca mais vai ao ar de novo?
#ah não, isso não é justo comigo, nem me comunicaram antes!

Eu ia...

Eu ia pra Castanhal mas a estrada tá bloqueada de novo!
Já é a segunda vez que acontece isso (viajem perdida). =/



Olha a fila de carros! Ptz.